Construtivismo e sociointeracionismo: conheça as metodologias de ensino da Rede Sagrado

Publicado em 23.11.2020 - Galeria de Fotos, Posts Institucionais - Sem comentários

A proposta pedagógica é a identidade da escola: estabelece as diretrizes básicas, a linha de ensino e de atuação na comunidade. Ela formaliza um compromisso assumido pela comunidade educativa em torno do mesmo projeto educacional.

A Rede Sagrado – Colégios Sagrado Coração de Maria preza pela formação completa e integral do ser humano, aliada à excelência acadêmica, preparando cidadãos globais para a vida. Por isso, tem como pressuposto uma educação pautada nas metodologias de ensino construtivista e sociointeracionista.

Construtivista 

Na tentativa de entender como a criança aprende, Jean Piaget (1896-1980) estudou como o pensamento humano se desenvolve desde o nascimento até a adolescência. O resultado de seus estudos mostram que o desenvolvimento do pensamento da criança acontece em estágios, sendo cada um importante e necessário para o alcance do seu sucessivo. Isto significa que a criança deve atravessar todos os estágios para que o aprendizado aconteça.

Assim, nessa teoria, o desenvolvimento é uma construção que se dá por etapas, resultado do amadurecimento do sistema nervoso da criança e do contato com o mundo físico e social já que a criança é vista como um ser dinâmico que a todo o momento interage com a realidade. É por meio dessas interações com o ambiente que a criança constrói suas estruturas mentais e as faz funcionar.

Sociointeracionista

A proposta sociointeracionista ressalta a importância da interação do sujeito com o meio em que vive. O indivíduo forma o conhecimento por meio da interação com outras pessoas, em processo histórico, cultural e social pelo qual passa durante toda a vida. É importante que a metodologia sociointeracionista seja aplicada desde cedo, nas séries da educação infantil, já que o ponto inicial do conhecimento que é levado para a vida surge na infância. 

Para Vygotsky, as pessoas só adquirem cultura e linguagem, além de se desenvolverem historicamente e de estimularem o raciocínio, se estiverem inseridas em meios sociais, ou seja, se houver interação. Dessa forma, uma proposta sociointeracionista nas escolas incentiva a interação e a participação, além do aprendizado mediado pelos professores, sempre que possível, extrapolando os conteúdos das disciplinas.

Segundo a Coordenadora de Processo Educativos do Centro Administrativo Educacional da Província, Maria Beatriz Silva, esses métodos são importantes para a autonomia do estudante: “Para nós da Rede Sagrado, ao mesclarmos as metodologias construtivista e sociointeracionista estamos entendendo que o indivíduo constrói o seu conhecimento por meio da interação, ao longo de um processo que é histórico, cultural e social, o conhecimento real de uma criança é o ponto de partida para o conhecimento potencial. Nossos professores têm papel ativo e mediador, oferecendo aos estudantes a oportunidade de trocar experiências, compartilhar suas vivências, sua história, sua cultura sendo motivados a participar ativamente da construção do próprio conhecimento. Acreditamos que assim, contribuímos para a formação de seres humanos íntegros, solidários, críticos e conscientes, cidadãos verdadeiramente protagonistas da própria vida.”

Quer saber mais sobre as metodologias de ensino do Colégio Sagrado Coração de Maria – Ubá? Entre em contato com: cpg@redesagradouba.com.br.

As matrículas estão abertas!