Crianças on-line e conectadas: saiba como encontrar alternativas durante o período de distanciamento social

Publicado em 25.03.2020 - Galeria de Fotos, Posts Institucionais - Sem comentários

Com a suspensão das aulas nas escolas, por razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) e da necessidade de cumprir o distanciamento social, muitas famílias estão convivendo durante mais tempo em casa. Devido a esse cenário, muitos pais ou cuidadores recorrem também ao uso de desenhos, filmes ou jogos para distrair a garotada.

Já é sabido, e bastante consensual, que a exposição excessiva às telas atrapalha o desenvolvimento tanto cognitivo quanto motor, podendo causar prejuízos na aprendizagem e no convívio social das crianças.

Por esse motivo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Sociedade Brasileira de Pediatria orientam:

– Menores de 2 anos não devem utilizar qualquer aparelho eletrônico (nem aquele vídeo da Galinha Pintadinha ou Baby Shark, hein!);

– Crianças de 2 a 4 anos: podem ficar, por até uma hora, em frente às telas;

– A partir de 5 anos: o tempo de uso das telas pode aumentar para 2 horas diárias.

É importante ressaltar: o ideal é que os pais fracionem esse tempo ao longo do dia, para que a meninada tenha a possibilidade de descansar as vistas e digerir toda informação e estímulo recebidos.

E agora? O que fazer para entreter as crianças e, ao mesmo tempo, dar conta do trabalho em modalidade “home office” e das tarefas domésticas, sem abusar do uso de telas?

Fato é que agora não é hora de lutar contra o mundo das telas.

Com uma boa dose de equilíbrio, faça delas aliadas neste novo tempo em casa.

 A equipe da Rede Sagrado preparou algumas dicas para divertir a criançada e estreitar, ainda mais, os laços entre pais e filhos:

  • Estabeleça um quadro de rotina com os seus filhos, incluindo as tarefas e atividades diárias.
  • Peça ajuda quando for executar alguma atividade doméstica: além de os pequenos amarem ajudar, as atividades domésticas ajudam a desenvolver o senso de responsabilidade e de cooperação.
  • Reserve um tempo para que as crianças façam as atividades sugeridas pela escola.
  • Permita que a criança assista a um filme ou desenho animado, de preferência livres de publicidade infantil.
  • Já que o pequeno vai utilizar o tablet ou celular, que tal oferecer jogos educativos e interativos: como quebra-cabeças, jogo da memória, labirintos?
  • Controle o tempo de exposição às telas, mas sem exageros. A solução é usar o bom senso. O tempo recomendado de utilização vai aumentando conforme a idade. Veja recomendação da OMS citada acima.
  • Permita momentos de ócio: muitos especialistas afirmam que o tédio possibilita às crianças aprenderem a lidar melhor com os próprios sentimentos e a desenvolverem a criatividade e a imaginação.
  • Reserve um tempo para os jogos em família. Para isso, o céu é o limite da criatividade.
  • Incentive atividades físicas ou de dança “indoor”, como por exemplo: Just Dance, Smurfs Dance Party, Get up and Dance, Wii, X-Box etc.

Confira, também, estas sugestões de perfis no Instagram, que trazem ideias interessantes para os pais: @conexao.parental, @tempojunto, @criancasmontessori

 Momentos difíceis também são grandes oportunidades para aprender. Sem julgamentos e sem cobrança excessiva, todos estão fazendo o melhor que podem, a cada dia. 

A Rede Sagrado deseja que você fique bem nesta quarentena, respeitando o isolamento social, e que possa aproveitar, com qualidade, o tempo em família!