Mapas mentais: autonomia e assimilação

Publicado em 22.07.2020 - Galeria de Fotos, Posts Institucionais - Sem comentários

Os mapas mentais são um exemplo de metodologias ativas em que buscam a autonomia do estudante, levando-o a mobilizar conhecimentos prévios sobre o assunto em questão. O método consiste em criar um esquema, no estilo de um fluxograma, em que tópicos essenciais partem do tema central (assunto estudado), de forma hierarquizada e visualmente fácil de compreender e assimilar. Eles podem ser confeccionados manualmente ou utilizando-se de aplicativos específicos. 

Os mapas mentais são úteis e eficientes para se trabalhar qualquer assunto, de qualquer conteúdo ou disciplina. Basta o professor orientar os estudantes sobre as fontes confiáveis de informações para consulta, como também sobre o objetivo a ser alcançado com a atividade.

Na disciplina de Redação, a professora Lara Mello trabalhou o tema “cultura do cancelamento” e os estudantes confeccionaram seus mapas individualmente. Já na disciplina de Física II, o professor Carlos Pires solicitou que trabalhassem em grupo a construção de mapas sobre assuntos específicos de cada série. Ambas as experiências se mostraram eficazes na aprendizagem dos conteúdos e estimularam a criatividade dos estudantes.

Confira alguns exemplos de mapas mentais confeccionados pelas três séries do Ensino Médio do Colégio Sagrado Coração de Maria Ubá:

  • mapas mentais post 2
  • mapas mentais post 3
  • mapas mentais post 4
  • mapas mentais post 5
  • mapas mentais post 6
  • mapas mentais post 7